COOPERATIVAS
 se mantêm FORTES em tempos de crise.

Conselho Diretor da OCB/PE conhece as metas traçadas para o segundo semestre

O Conselho Diretor da OCB/PE esteve mais uma vez reunido para planejar ações de fortalecimento da representatividade do cooperativismo, estimulo à intercooperação e propagação da cultura cooperativista em Pernambuco. Todas essas metas estão estipuladas em eventos que serão realizados durante o decorrer do ano, reunindo os diversos ramos que formam o cooperativismo no estado. A reunião foi coordenada pelo presidente do Sistema OCB/PE, Malaquias Ancelmo de Oliveira. 

Coube ao gerente de desenvolvimento de cooperativas, Helton Aquilles, divulgar a lista de eventos projetada para o segundo semestre de 2017. Todos os encontros têm como base os desafios a serem superados que estão pontuados na Matriz Estratégica do sistema cooperativista. Entre eles, a qualificação da mão de obra para o cooperativismo, a profissionalização da gestão e governança das cooperativas e o fortalecimento da imagem e comunicação. 

No mês de julho está agendado, de acordo com Helton, um intercâmbio destinado as cooperativas do ramo educacional que aderiram ao programa Cooperjovem. Nele será apresentado, no Piauí, casos de sucesso no estado onde há o maior número de cooperativas participantes do projeto. O foco da viagem é na contribuição para o aperfeiçoamento e na melhor implantação do Cooperjovem, em cima das boas práticas no estado vizinho. Já o mês de agosto será marcado por diversos seminários regionais. Ao todo, quatro foram pré-agendados: nas cidades de Caruaru, Garanhuns, Petrolina e Afogados da Ingazeira. “Nesses encontros queremos unificar o pensamento cooperativista com colaboradores e parceiros da cooperativa. Assim, poderemos fomentar, produzir e disseminar o conhecimento para as práticas do cooperativismo em diversas regiões de Pernambuco”, comentou Helton. 

O último grande evento do ano está marcado para 1° de dezembro, quando acontece o 32° Encontro Estadual de Cooperativas de Pernambuco. No evento, dirigentes das cooperativas estaduais debaterão números do cooperativismo conquistados em 2016 e quais são as metas para o ano seguinte. 

Além de debater futuras ações, o presidente do Sistema OCB/PE compartilhou os avanços da conversa sobre um curso acadêmico envolvendo a formação cooperativista, com a meta de profissionalizar cada vez mais a gestão nas instituições. O assunto foi tratado em um encontro com outras lideranças cooperativistas do Nordeste, que aconteceu no mês passado, no Ceará. “Vejo que podemos preparar de uma forma melhor a mão de obra para as cooperativas quando entramos no meio acadêmico. Desde cedo poderemos construir um ambiente favorável para o desenvolvimento das cooperativas, de olho no aperfeiçoamento da governança”, avaliou Malaquias.  

A ideia foi bem aceita pelo Conselho. Para a representante do ramo Agropecuário, Nadjanécia dos Santos, dentro de um ambiente acadêmico será possível esmiuçar bem todos os valores e princípios do cooperativismo. “Nesse tipo de reunião podemos ouvir do presidente quais são as metas para o futuro e debater como podemos seguir no caminho do progresso. A ideia de uma faculdade do Cooperativismo é algo de extrema importância, que colocará o nosso sistema cooperativista em um patamar mais elevado na representatividade e gestão”, pontuou.

Vídeos

adidas superstar air max suisse nike roshe run suisse nike roshe run mbt suisse nike air force suisse ray ban suisse nike air max suisse louboutin suisse mbt geneve christian louboutin suisse new balance suisse cialis suisse viagra suisse kamagra 100 viagra suisse levitra suisse kamagra gel priligy suisse viagra generique