COOPERATIVAS
 se mantêm FORTES em tempos de crise.

Líderes de cooperativas de Pernambuco participam de encontro internacional

Líderes cooperativistas de Pernambuco viajaram até a capital mineira, local onde participam da terceira edição do World Coop Management, encontro que reúne o público cooperativo do Brasil para debater liderança nas cooperativas, estratégias e os novos conceitos para se manter forte no ramo de atuação. A unidade pernambucana do Sistema OCB enviou uma comitiva com 24 pessoas. O evento acontece até a tarde desta terça-feira (03). Entre os pernambucanos, está o presidente do Sescoop/PE, Malaquias Ancelmo de Oliveira, que coordena a viagem de estudo.

O presidente da unidade mineira da OCB, Ronaldo Scucato, deixou clara a felicidade do órgão em receber mais uma edição do encontro internacional. Para ele, aquele momento compartilhado com líderes cooperativistas de todo o Brasil revela a preocupação do cooperativismo em sempre estar de olho no que é tendência. Eventos, como o World Coop Management, afasta a queda de qualidade da modalidade de trabalho, além de permitir a aproximação das diversas unidades de apoio ao cooperativismo pelo Brasil.

O primeiro dia do evento focou em palestras com a busca pela boa atuação na liderança. A primeira apresentação do evento focou na forma como os líderes podem analisar a inovação empresarial e o desenvolvimento de um pensamento estratégico. O convidado para falar sobre o tema foi o consultor, e colaborador do projeto de colonização no planeta Marte, James Bannerman. De acordo com ele, caso o líder não seja um profissional com uma visão além do negócio, ele estará fadado a ser ultrapassado pelo mercado. “Para que isso não aconteça, é necessário inovar. A inovação é a única solução para conseguir sobreviver no mercado, cada vez mais disputado. O que pode facilitar neste processo é nunca ignorar as informações que parecem simples, e aperfeiçoa-las”, comentou o palestrante.

A ideia trazida por James foi ratificada por outro palestrante do dia, Ari Piovezani. “A criatividade deve estar conectada diretamente com o nosso trabalho. Porém, em diversas vezes, a grande ideia não aparece quando estamos em atividade, mas sim, no momento em que nos afastamos, estamos em uma situação de relaxamento. Quando a ideia vem, não podemos deixa-la de lado. Se isso acontece, outra pessoa poderá fazer a ação, o que não mais será inovação”, ratificou Ari. 

O segundo dia do evento contará com mais quatro palestras com foco em estratégia, além de um debate sobre as informações mais importantes do dia. 

Vídeos

adidas superstar air max suisse nike roshe run suisse nike roshe run mbt suisse nike air force suisse ray ban suisse nike air max suisse louboutin suisse mbt geneve christian louboutin suisse new balance suisse cialis suisse viagra suisse kamagra 100 viagra suisse levitra suisse kamagra gel priligy suisse viagra generique