COOPERATIVAS
 se mantêm FORTES em tempos de crise.

Curso trabalha objetivos de um Conselho de Administração nas cooperativas

As atribuições e responsabilidades do Conselho de Administração das cooperativas foram temas de curso, promovido pelo Sescoop/PE, na última terça-feira (10). No auditório da entidade, diversos dirigentes de cooperativas de Pernambuco buscavam informações de como poderiam desempenhar um melhor papel, dentro de um dos órgãos mais importantes do negócio cooperativista. O evento, que teve duração de oito horas, foi ministrado pelo consultor em gestão empresarial, Jorge Perez.

O palestrante sintetizou o trabalho do Conselho de Administração como de alta relevância para toda cooperativa. De acordo com ele, o órgão é responsável pela execução das atividades-meio do negócio, assim como administrar financeiramente, divulgar o trabalho, reger contratos e negociar a venda de produtos. Ainda de acordo com Jorge, ainda é dever do Conselho estar atento aos princípios cooperativistas e alinhar o trabalho da cooperativa com as doutrinas, assegurar de que os riscos para o negócio sejam bem avaliados, além de zelar pelo código de ética da cooperativa.

De acordo com a lei cooperativista, de número 5.764/71, é determinado que a eleição do conselho aconteça entre os cooperados, e tenha mandato não superior a quatro anos, com renovação obrigatória de, no mínimo, um terço a cada eleição. Entre as atribuições mais frequentes do grupo está a convocação da Assembleia Geral, fiscalizar a gestão dos diretores e solicitar informações sobre contratos celebrados ou em via de celebração, e quaisquer outros atos.

Outro ponto atenuado por Jorge, foi sobre a competência dos suplentes. Para ele, os ocupantes desse cargo não devem deixar de se inteirar sobre o que os titulares estão fazendo. “No posto de suplente, é dever do cooperado estar sempre familiarizado com os pontos onde a cooperativa pode melhorar para o exercício da função. Mesmo não substituindo o titular, o suplente pode participar das reuniões, com a opção de expressar opinião, porém sem direito a voto” comentou Jorge Perez.

“Quando conhecemos a fundo a nossa função e como proceder da melhor forma, podemos executar o nosso trabalho com mais segurança, transparência e de um modo cada vez mais democrático, sempre visando o bem dos cooperados. Esse curso é de vital importância para o cooperativismo, que cada vez mais consegue um melhor patamar no estado”, enalteceu o presidente da Cooperativa de Transporte Alternativo do Cabo de Santo Agostinho (Coopertranscabo), Arnaldo José de Souza.

Vídeos

adidas superstar air max suisse nike roshe run suisse nike roshe run mbt suisse nike air force suisse ray ban suisse nike air max suisse louboutin suisse mbt geneve christian louboutin suisse new balance suisse cialis suisse viagra suisse kamagra 100 viagra suisse levitra suisse kamagra gel priligy suisse viagra generique