COOPERATIVAS
 se mantêm FORTES em tempos de crise.

Sistema OCB/PE - Notícias

Ciclo 2018 do PDGC é lançado em Pernambuco

Está lançado o ciclo 2018 do Programa de Desenvolvimento da Gestão das Cooperativas (PDGC) em Pernambuco. Em um evento que reuniu lideranças cooperativistas de todo o estado, na noite da última quinta-feira (12), foi exibida a importância da participação dentro da atividade que tem como objetivo promover a excelência da gestão com foco nas boas práticas de governança das cooperativas. Para conscientizar e mostrar como o negócio cooperativista só tem a ganhar com o preenchimento do questionário do Programa, duas convidadas mostraram como é vantajosa a atividade: a gerente de desenvolvimento da gestão das cooperativas da unidade nacional da OCB, Susan Miyashita, e a gerente de acompanhamento de cooperativas da unidade mineira da OCB, Vitória Drummond. O evento foi promovido pelo Sistema OCB/PE.

O presidente da OCB/PE, Malaquias Ancelmo de Oliveira, abriu a festividade. Para ele, a participação das cooperativas pernambucanas no PDGC faz parte de uma visão estratégica, que mira o cuidado na gestão, com propósito maior em construir uma melhor cooperativa para os cooperados. “O melhor para os cooperados, esse é nosso fim último. Entender a cooperativa como um negócio de gestão para trazer o bem comum aos associados e a famílias. Com as cooperativas participando desse Programa, dentro de pouco tempo, perceberemos como a gestão cooperativista está melhorando, alcançando cada vez mais a profissionalização”, enalteceu Malaquias.

A fala de Malaquias foi fortalecida pela representante da Unidade Nacional. De acordo com Susan, existe uma comprovada melhoria organizacional nas cooperativas que se mantem participantes no Programa de Desenvolvimento. A disciplina para acompanhar e mensurar resultados auxilia os dirigentes a buscarem práticas profissionalizantes de gestão, na qual potencializam o trabalho cooperativista, trazendo uma melhoria para a vida dos cooperados.

“A Unidade Nacional comprovou que as cooperativas participantes de dois ciclos do PDGC melhoram a governança em até 7%, e quase 4% em governança. Já dentro de 3 ciclos, a melhora sobe para 17% em gestão e 16% em governança. O diagnóstico realizado pelo Programa diz onde é possível melhorar. E para isso acontecer, é necessário não ter medo da mudança. Não existe evolução com o medo de mudar”, avisou Susan.

O PDGC fez com que um número significativo de cooperativas mineiras alcançasse uma evolução na relação com os cooperados, além da identidade cooperativista. Vitória Drummond falou do caso de sucesso e como as cooperativas pernambucanas poderiam trilhar o mesmo caminho. Na visão dela, as cooperativas são acostumadas a executar, deixando pouco tempo para planejar. Isso revela a falta de visão sistêmica na forma de prestar um melhor serviço ao cooperado. Essas informações ficam evidentes após a aplicação do PDGC, que dá chance para pensar à fundo o cooperativismo, propondo mudanças. Essas mudanças não necessitam de grandes recursos, ainda de acordo com a gerente.

Conscientizando as cooperativas da importância de uma análise crítica, onde era possível constatar oportunidades de melhoria, em 2017 a unidade estadual de Minas Gerais conseguiu a participação de 258 cooperativas no Programa.

“Para conscientizar a participação de tantas cooperativas, trabalhamos a questão do orgulho, alinhado ao acompanhamento técnico dos tópicos onde as cooperativas estão melhorando. Para quem participa, celebramos o momento, fazemos entrega de certificados, além de exibir a melhoria, para as outras cooperativas, mostrando que é possível chegar ao mesmo patamar evolutivo”, contou Vitória.

A participação no programa foi analisada de vital importância na visão do presidente da Cooperativa de Médicos do Brasil (Coomeb), Giovanni Rattacaso Filho. “Melhorar a gestão e governança deve ser uma prática constante. O Sistema OCB/PE nos apresentou o PDGC no ano passado e esse ano já participamos de uma capacitação dos primeiros passos. Iremos continuar a nossa participação, veremos onde estão as oportunidades de melhoria e sentaremos com os gestores para praticar as ações corretivas”, concluiu o presidente da Coomeb.

Add a comment

Curso trabalha objetivos de um Conselho de Administração nas cooperativas

As atribuições e responsabilidades do Conselho de Administração das cooperativas foram temas de curso, promovido pelo Sescoop/PE, na última terça-feira (10). No auditório da entidade, diversos dirigentes de cooperativas de Pernambuco buscavam informações de como poderiam desempenhar um melhor papel, dentro de um dos órgãos mais importantes do negócio cooperativista. O evento, que teve duração de oito horas, foi ministrado pelo consultor em gestão empresarial, Jorge Perez.

O palestrante sintetizou o trabalho do Conselho de Administração como de alta relevância para toda cooperativa. De acordo com ele, o órgão é responsável pela execução das atividades-meio do negócio, assim como administrar financeiramente, divulgar o trabalho, reger contratos e negociar a venda de produtos. Ainda de acordo com Jorge, ainda é dever do Conselho estar atento aos princípios cooperativistas e alinhar o trabalho da cooperativa com as doutrinas, assegurar de que os riscos para o negócio sejam bem avaliados, além de zelar pelo código de ética da cooperativa.

De acordo com a lei cooperativista, de número 5.764/71, é determinado que a eleição do conselho aconteça entre os cooperados, e tenha mandato não superior a quatro anos, com renovação obrigatória de, no mínimo, um terço a cada eleição. Entre as atribuições mais frequentes do grupo está a convocação da Assembleia Geral, fiscalizar a gestão dos diretores e solicitar informações sobre contratos celebrados ou em via de celebração, e quaisquer outros atos.

Outro ponto atenuado por Jorge, foi sobre a competência dos suplentes. Para ele, os ocupantes desse cargo não devem deixar de se inteirar sobre o que os titulares estão fazendo. “No posto de suplente, é dever do cooperado estar sempre familiarizado com os pontos onde a cooperativa pode melhorar para o exercício da função. Mesmo não substituindo o titular, o suplente pode participar das reuniões, com a opção de expressar opinião, porém sem direito a voto” comentou Jorge Perez.

“Quando conhecemos a fundo a nossa função e como proceder da melhor forma, podemos executar o nosso trabalho com mais segurança, transparência e de um modo cada vez mais democrático, sempre visando o bem dos cooperados. Esse curso é de vital importância para o cooperativismo, que cada vez mais consegue um melhor patamar no estado”, enalteceu o presidente da Cooperativa de Transporte Alternativo do Cabo de Santo Agostinho (Coopertranscabo), Arnaldo José de Souza.

Add a comment

Atividades do Conselho Fiscal são temas de curso no Sescoop/PE

O Auditório do Sescoop/PE foi palco do curso de Conselho Fiscal, realizado na última segunda-feira (09). Dirigentes de diversas cooperativas espalhadas por Pernambuco participaram. Com a instrução do consultor em gestão empresarial Jorge Perez, o público viu quais são as atribuições de um dos principais órgãos de fiscalização do negócio cooperativista.

Dentre os assuntos expostos por Jorge, um dos que mais chamaram a atenção do público foi sobre a responsabilidade solidária. De acordo com o gestor, os membros efetivos do Conselho Fiscal da cooperativa são solidariamente responsáveis pelos atos irregulares praticados pelos administradores da cooperativa, caso não façam a advertência das anormalidades, em tempo hábil, ao Conselho de Administração ou à Assembleia Geral.

Já no tópico dos objetivos da governança cooperativa, assunto atrelado ao trabalho do Conselho, Jorge ressaltou uma das atividades principais, na qual deve privilegiar sempre os cooperados, e o foco nos trabalhos do alinhamento dos objetivos dos cooperados, Conselhos, Gestão Executivas, colaboradores e comunidade. “Entre os trabalhos do Conselho Fiscal, existe o estabelecimento de um processo formal, no qual se tem a tomada de decisões e aprovações de propostas, além da avaliação de resultados. O Conselho Fiscal é um dos principais órgãos de uma cooperativa, que tem por objetivo detectar assuntos pertinentes da apreciação coletiva. A saúde do negócio passa muito por uma boa gestão fiscal”, aconselhou o gestor. 

As palavras de Jorge enalteceram o trabalho desempenhado na Cooperativa de Trabalho em Confecção em Macaparana (Coopconfec). Quem assegurou foi a presidente, Maria do Amparo. “O nosso Conselho Fiscal é muito atuante. O grupo analisa a nossa saúde financeira, debatem os assuntos de competência e como está o desempenho da Administração. Com esse curso, podemos tirar dúvidas, ver o que está certo e onde se deve melhorar, para que sempre possamos contar com as boas práticas cooperativistas”, contou.

Add a comment

Sescoop/PE promove Workshop PDGC

O Sescoop/PE realiza nos dias 11 e 12 de abril, o Workshop do Programa de Desenvolvimento da Gestão Cooperativista (PDGC). O evento, que acontece em um hotel no bairro de Boa Viagem, tem como objetivo orientar os dirigentes e gestores das cooperativas de Pernambuco na participação do ciclo 2018, além de instruir no preenchimento do instrumento de avaliação. Durante os dois dias, o público cooperativista contará com palestras sobre o Modelo de Excelência de Gestão (MEG) e estudos de questões de autoavaliação. Até o momento, estão inscritos representantes de 29 cooperativas pernambucanas.

O PDGC é uma ferramenta do Sescoop que auxilia as cooperativas no desenvolvimento da autogestão, sempre de olho na sustentabilidade e no ambiente de respeito aos valores e princípios cooperativistas. O modelo usado durante o Workshop é um referencial utilizado para promover a melhoria da qualidade da governança e o aumento da competitividade das organizações. O Programa é aplicado em ciclos anuais, visando à melhoria contínua a cada ciclo de planejamento, execução, controle e aprendizado.

 

 

Add a comment

Vídeos

adidas superstar air max suisse nike roshe run suisse nike roshe run mbt suisse nike air force suisse ray ban suisse nike air max suisse louboutin suisse mbt geneve christian louboutin suisse new balance suisse cialis suisse viagra suisse kamagra 100 viagra suisse levitra suisse kamagra gel priligy suisse viagra generique