COOPERATIVAS
 se mantêm FORTES em tempos de crise.

Sistema OCB/PE - Notícias

Curso de Mídias Sociais preparou cooperativas para exibirem produtos e serviços no mundo virtual

 

“Não importa o tamanho da cooperativa. É algo unânime para quem trabalha com estratégia a propagação do negócio nas mídias sociais. O crescimento, independente do segmento, passa por uma boa gestão do virtual, pois lá estão os seus cooperados e futuros parceiros, sempre em busca de novas oportunidades.” A afirmação foi pontuada em meio ao curso de Mídias Sociais, pela ex-redatora da Revista MundoCoop, a jornalista Kátia Penteado. Promovido pelo Sescoop/PE, a profissional em comunicação teve como meta fazer as cooperativas se integrarem de uma melhor forma com o mundo virtual, melhorando o posicionamento da marca no mercado, auxiliando na divulgação dos produtos e dos serviços à população. Todo o curso teve a duração de 16 horas.

 

Para a palestrante, estar nas redes sociais significa estar presente onde o público-alvo está. A velocidade e as formas de propagação de notícias tornam-se aliadas quando as cooperativas passam a olhar o lado digital como ferramenta de negócio. A popularidade alcançada pelas redes sociais, como o Instagram e o Facebook, aumenta exponencialmente a cada ano. Essa onda popular, ainda de acordo com Kátia, pode ser um impulsionador de muito sucesso quando se mostra o que se tem a oferecer como serviço. Tudo na base de uma comunicação clara, dentro das ferramentas certas.

 

“Existe o ideal de mesclar o conteúdo e avaliar a aceitação dos produtos ou serviços oferecidos pelas cooperativas. Também é importante interagir com o público de forma eficaz e com a linguagem correta. As postagens devem envolver imagens, textos e vídeos, mostrando variedade e domínio sobre o que se fala. Nessas horas, um profissional de comunicação pode ajudar bastante o processo de divulgação da marca”, orientou a palestrante.

 

Ela também chamou a atenção do grupo para a atenção ao português, mostrando formas de insucesso que marcaram negativamente grandes marcas nacionais. “O que você escreve nas redes sociais é pontuado como sua cooperativa escrevendo. Então, devemos ser simples na comunicação e escrever de forma segura. Se uma palavra é complicada, a nossa rica língua disponibiliza sinônimos. A correção antes de publicar pode evitar futuros constrangimentos”, orientou.

 

As orientações ajudaram a cooperada da Cooperativa Agrícola de Camocim de São Félix (Coopeafa), Ingrid Batista, a pensar melhor em comunicação para dentro no negócio, que trabalha com agricultura familiar. Muitos cooperados já estão nas redes sociais. Através das mídias, de acordo com ela, é possível estreitar os laços e mostrar, de modo mais eficaz, a toda região os produtos agrícolas.

 

 

“Temos uma grande variedade de produtos, que podem ser divulgados. Também nos reunimos com pessoas de fora do país, onde mostramos o nosso plantio. Se divulgarmos do modo certo, mais pessoas vão saber dos potenciais da Coopeafa, podendo ajudar o produtor a valorizar o que temos. As informações do curso vão nos ajudar bastante a sanar problemas de comunicação”, contou Ingrid.

 

Add a comment

Colaboradores participam de capacitação em Brasília

Representantes do Sistema OCB/PE acompanham a programação da semana de capacitação da área finalística, que iniciou ontem (31/07) e segue até sexta-feira (02/08). A iniciativa tem como objetivo apresentar questões referentes ao direcionamento estratégico das unidades estaduais do Sescoop, bem como as etapas para consolidação dos quatro eixos de atuação, quais sejam: Identidade, Governança, Gestão e Desempenho. A formação contribuirá para aperfeiçoar o atendimento e as orientações às cooperativas no âmbito dos serviços prestados para seus associados e funcionários.

A abertura do evento foi feita pelo superintendente do Sistema OCB Nacional, Renato Nobile, e foi seguida pela apresentação da gerente Karla Tadeu, que abordou o fluxo da diretriz finalística. Nesse contexto, diagnosticar, gerar conhecimento e soluções de desenvolvimento humano e organizacional constituem etapas fundamentais dentro do planejamento estratégico. Ainda integrando a programação da capacitação, o presidente da Unimed Fortaleza propôs uma reflexão sobre a realidade de empresas de referência, que possuem problemas comuns a qualquer segmento. Partindo do exemplo da Disney, o palestrante frisou a importância do processo de encantar o público e os clientes.

A semana de capacitação fornecerá também subsídios para a implementação de indicadores que auxiliarão o controle do Sescoop/PE no âmbito dos atendimentos realizados. Atualmente, existem 41 indicadores que farão a mensuração do alcance da estratégia, proporcionando análises comparativas e ainda auxiliando no processo de tomada de decisões.

 

Add a comment

Ex-presidente da Fundação Joaquim Nabuco visita Sistema OCB/PE

O presidente do Sistema OCB/PE, Malaquias Ancelmo de Oliveira, recebeu, na sede na Casa do Cooperativismo pernambucano, a visita do ex-presidente da Fundação Joaquim Nabuco, Paulo Rubem. Em pauta, estava a evolução da gestão cooperativista através da educação, além de pautas de políticas públicas, com o envolvimento dos interesses defendidos pela doutrina cooperativista. Paulo acompanha de perto algumas ações do cooperativismo pernambucano, sendo a última delas o Dia C realizado pela Coopasa, no Distrito de Sapucarana, na cidade de Bezerros, no dia 21 de julho.

O visitante relembrou a Malaquias o último encontro que aconteceu entre os dois gestores, datada no mês de junho de 2015, quando se reuniram na Fundação Joaquim Nabuco para debater ideias objetivando o crescimento do nível de profissionalização das cooperativas pernambucanas. Ali, foi falado sobre os cursos de MBA oferecidos pelo Sescoop/PE, em Gestão das Cooperativas, que está auxiliando o corpo de colaboradores a elevar o grau de condução do negócio cooperativista. A Paulo foi lembrado que uma nova turma estará em inicio no próximo dia 10 de agosto, na Faculdade Marista do Recife.

 

Paulo Rubem já é um militante conhecido dentro do cooperativismo. Quando vereador do Recife e deputado federal, esteve apoiando causas estruturadoras da modalidade de trabalho, sempre voltada à educação. No momento em que assumiu a Fundação Joaquim Nabuco, colocou à disposição a entidade para auxiliar no maior desenvolvimento educacional do cooperativismo.

“Sempre estivemos unidos com a causa cooperativista, as doutrinas e tudo que envolve o crescimento social, de uma maneira justa e mais fraterna. Além de relembrar o bom tempo de trabalho que tive, Malaquias e eu pudemos falar sobre o grau de evolução do modo de trabalho e fazer projeções de como o meio se comportará nos próximos anos”, contou Paulo.

Add a comment

Coopasa apresenta o Dia C a Sapucarana

 

O sábado do dia 21 de julho foi de muita alegria no distrito de Sapucarana, localizado na cidade de Bezerros, município do Agreste pernambucano. A Cooperativa dos Produtores Agrícolas da região (Coopasa), pela primeira vez, entrou nas comemorações do Dia de Cooperar, o Dia C, e realizou uma ação que mobilizou toda a comunidade. Cerca de 50 voluntários se dividiram em ações de recreação, saúde e bem-estar, apresentações culturais e informação jurídica. Essa foi a primeira vez que o distrito recebeu uma ação humanitária cooperativista. Para concentrar todas as atividades, foi necessário o fechamento de uma das ruas principais do local, o que facilitou a mobilidade de quem chegava para participar das ações.

Através de parcerias realizadas com entidades de Bezerros e de Caruaru, foi possível oferecer uma grande quantidade de serviços à população. Um dos primeiros apoios conquistados pela cooperativa foi de um escritório de advocacia caruaruense, que teve como função sanar as dúvidas das pessoas em relação a questões trabalhistas, previdenciárias e cíveis. O apoio seguinte foi feito com a Secretaria de Saúde de Bezerros. O órgão convocou enfermeiros, médicos, profissionais da psicologia, da odontologia e oftalmologistas. A equipe médica ofertou atendimento gratuito por toda a manhã.

 

A dona de casa Cremilda Assunção foi uma das pessoas que aproveitaram o Dia C. Para ela, a comemoração foi mais especial por ter um de seus filhos como profissional que se dispôs a ser voluntário da ação. “Sapucarana necessita desse carinho. Pouca gente tem condição de se locomover até a cidade e buscar ajuda. A cooperativa está de parabéns por essa iniciativa. Quando soube que iria acontecer essa festa, chamei o meu filho, que é fisioterapeuta, e também está contribuindo com quem precisa de atendimento”, contou a dona de casa.

As crianças tiveram um espaço bem especial na comemoração. Logo no início da rua foi ofertado uma cama elástica e um pula-pula. Em outro local foi preparada uma oficina de desenho. Quem participou recebia de brinde um jogo infantil.  Elas também tomaram conta do espaço de apresentações artísticas com números de dança contemporânea. Em paralelo a essa atividade, para as mulheres, foi ofertada uma sessão de embelezamento, com direito a corte de cabelo, escova progressiva e manicure. “Nunca participei de uma ação dessas. A cooperativa está fazendo algo muito bom pela sociedade. Essa data vai ser algo que iremos lembrar por vários dias aqui em Sapucarana”, falou, em tom de agradecimento, a dona de casa Rosilda Auzira, após aproveitar a grande variedade de serviços.

Além dos serviços, com o Dia C, a cooperativa conseguiu mostrar à população de Sapucarana os produtos que produz. Em uma das mesas, foi possível analisar a variedade de produtos à base de tomate e pimenta. Cooperados se revezavam no espaço para receber os visitantes, contarem um pouco da história da Coopasa, além de falar sobre o processo de colheita do material exposto.

A ideia de inserir a cooperativa nas comemorações do Dia C partiu da presidente da Coopasa, Maria Rizonete. A preocupação em se alinhar aos princípios cooperativistas serviu de motivação para ir atrás das parcerias e encaixar todo o distrito na comemoração. “Sempre tivemos o interesse de ficar o mais próximos possíveis das doutrinas do cooperativismo. Elas ensinam muita coisa ao mundo. Também tínhamos a necessidade de nos apresentar de melhor forma dentro da nossa comunidade. Dai a importância do Dia C, que auxiliou no que precisávamos”, explicou a presidente, que já vislumbra um maior número de ações em 2019.   

Add a comment

Vídeos

adidas superstar air max suisse nike roshe run suisse nike roshe run mbt suisse nike air force suisse ray ban suisse nike air max suisse louboutin suisse mbt geneve christian louboutin suisse new balance suisse cialis suisse viagra suisse kamagra 100 viagra suisse levitra suisse kamagra gel priligy suisse viagra generique