COOPERATIVAS
 se mantêm FORTES em tempos de crise.

Sistema OCB/PE - Notícias

Cooperativa de Triunfo exibe sistema de colheita agroflorestal em Intercâmbio

 

Para qualificar a mão de obra do cooperativismo e na meta de profissionalizar a gestão e a governança do sistema cooperativo, o Sescoop/PE ofereceu a participantes do curso de Formação de Lideranças Cooperativas, promovido aos cooperados da Cooperativa da Agricultura Familiar da cidade de São João, no Agreste, (Coopaf) um intercâmbio, que teve como destino a cidade de Triunfo, no Sertão do Pajeú. O grupo, formado por 23 pessoas, visitou no local a Cooperativa de Produção e Comercialização da Agricultura Familiar Orgânica (Coopcafa), instituição de referência no estado pela produção dos cooperados ser totalmente livre de aditivos de químicos sintéticos. Toda a visita técnica foi acompanhada pela superintendente do Sistema OCB/PE, Cleonice Pedrosa.

 

O grupo foi recebido pela presidente da cooperativa, Nadjanécia dos Santos. De acordo com ela, não só os visitantes saem ganhando um novo aprendizado em momentos de intercâmbio. Quem recebe acaba absorvendo as informações vivenciadas pelos visitantes. A soma de informações acaba contribuindo no estimulo à intercooperação, fortalece a cultura cooperativista e ajuda na qualidade do serviço.

 

Após uma breve apresentação, a presidente levou os visitantes, formado por agricultores, até o terreno de colheita do cooperado da Coopcafa, Clécio Lima. No local, ele faz a prática do sistema de colheita agroflorestal. A prática faz a combinação de espécies naturais da mata com o cultivo agrícola, de maneira simultânea. Esse sistema tem a vantagem de recuperar o solo de um modo mais rápido, além de fornecer repelentes e adubos naturais para o plantio. O modo agroflorestal é uma ação crescente na agricultura brasileira que ajuda no enfrentamento de problemas crônicos da degradação das matas, aliado a redução do risco de perdas de produção. O ambiente está relacionado a uma prática de responsabilidade socioambiental, utilizado por boa parte dos cooperados, e tem dado bastante certo a quem está inserido na cooperativa.

 

“Com esse sistema conseguimos plantar a nossa cana-de-açúcar, cajá, manga, acerola e goiaba. Entregamos tudo na cooperativa, que prepara o produto e revende para os mercados. Esse trabalho vem garantindo o nosso sustento, preservando a floresta e trazendo muita alegria para quem é pequeno produtor”, comentou o cooperado, que realiza todo esse trabalho em uma área de seis hectares.

 

Outro ponto levantado pelo agricultor foi sobe a organização dos cooperados, que é auxiliada pela Associação de Desenvolvimento Rural Sustentável da Serra da Baixa Verde (Adessu). Ela apoia a cooperativa dentro dos princípios da agroecologia e no incentivo da organização da juventude rural no município. Com o apoio dela, a cooperativa tem uma gestão organizacional formada por lideranças consideradas jovem no cooperativismo, com média de 27 anos, além da preocupação com a inovação agrícola. “A Adessu tem nos ajudado muito na preparação da terra e na qualidade do que plantamos. Porém, se não fosse a cooperativa, não poderíamos ir ao mercado e expor o nosso produto”, exaltou Clécio.

 

Já na sede da cooperativa, a presidente da instituição mostrou todo o processo de organização até chegar ao patamar de qualidade alcançado hoje. De acordo com ela, o objetivo só foi alcançado devido ao trabalho de mentalidade uniforme colocada em prática pelos 42 cooperados da Coopcafa. “Fizemos um trabalho de formiguinha. Chamamos cada um para uma conversa e realizamos a instrução e como poderíamos crescer em qualidade, sem produtos danosos a saúde e conservar o meio ambiente. Após tantas reuniões, hoje colhemos um bom trabalho. Agora, torcemos para que a Coopaf, na cidade de São João, consiga profissionalizar os processos de uma melhor forma e atingir o mesmo crescimento que possuímos hoje”, salientou Nadjanécia.

 

O intercâmbio trouxe novas ideias para o participante do curso de lideranças cooperativas, Epaminondas Bezerra Silva. Ver na prática que o equilíbrio ecológico dá certo quando bem planejado acabou motivando o agricultor. “Basta se organizar. Quando temos a informação certa e a vontade de dar certo, podemos plantar o que quisermos. Daí pra frente, com a ajuda da cooperativa, podemos vender o nosso produto e sermos felizes”, enalteceu o cooperado da Coopaf.

Add a comment

Sistema OCB/PE terá comissão de direito cooperativo na OAB/PE

Para estreitar laços e planejar futuras ações em conjunto, representantes do Sistema OCB/PE foram recebidos na sede da Ordem dos Advogados do Brasil em Pernambuco (OAB/PE), onde se reuniram com o presidente da instituição, Ronnie Duarte, e o presidente da Comissão de Administração Pública e Interesse Social (Capis), Leonardo Oliveira. Entre as pautas da reunião, estava a criação de uma comissão relacionada ao direito cooperativista, além do oferecimento de cursos de qualificação dentro da área. Representando o Sistema OCB/PE, foram até o local o presidente da entidade, Malaquias Ancelmo de Oliveira, o gerente de desenvolvimento do Sescoop/PE, Helton Aquilles, e o assessor jurídico, Arinaldo Crispim.

 

O presidente da OAB/PE mostrou-se satisfeito com o encontro, deixando claro reconhecer o Sistema OCB/PE como um órgão que luta pelo fortalecimento da representatividade do cooperativismo em Pernambuco, onde há uma parcela de advogados junto à causa. “Temos grande prazer em fortalecer essa parceria. As duas instituições e seus associados têm muito a se beneficiar”, comentou o dirigente da OAB/PE.

 

Em diversos estados, a OAB possui uma comissão voltada ao desenvolvimento, trabalho e estudo do cooperativismo. A base dela é fundamentada na propagação do direito cooperativo dentro da comunidade jurídica, grupo onde atuam promotores, juízes, procuradores e estudantes de direito. A comissão também tem a preocupação de realizar Fóruns de debate, sempre com o objetivo de disseminar as leis do cooperativismo a um maior número de pessoas. A criação dessa comissão foi uma das necessidades levadas pelo presidente da OCB/PE durante a visita ao órgão jurídico.

 

“Essa comissão pode ser uma grande ponte entre a OCB/PE, a OAB/PE e todas as cooperativas de Pernambuco. Um dos grandes pontos que podem nortear o grupo é a lei do cooperativismo brasileiro, a lei 5.764/71, além da lei do cooperativismo pernambucano, aprovada por unanimidade na Assembleia Legislativa de Pernambuco, de número 15.688/15”, explicou o presidente do Sistema OCB/PE. A ideia foi de imediato aprovada pelo presidente da unidade pernambucana da OAB. Ele pediu ao grupo o nome de seis pessoas do setor jurídico que podem trabalhar na comissão. Os nomes serão colocados para a aprovação do órgão.

 

Outro ponto discutido na reunião foi a parceria das duas instituições em cursos de extensão que promovem a qualificação da mão de obra para as cooperativas. O Gerente de desenvolvimento do Sescoop/PE lembrou ao grupo a prática da instituição em oferecer cursos do tipo. Um deles foi o curso de Formação de Assessores de Cooperativas, no qual capacitou pessoas das áreas do direito e da contabilidade para a demanda de profissionais em cooperativismo, que vem crescendo bastante nos últimos anos.

 

Próximos cursos relacionados à área também serão colocados à disposição da OAB/PE. “Será um prazer fazer parte desse movimento. Com esse trabalho, iremos agregar conhecimento para representar e defender o interesse das pessoas que necessitam do nosso trabalho”, salientou o presidente da OAB/PE.

Add a comment

Ramo de educação de Pernambuco conhece sistema de gestão e ensino de cooperativa no Piauí

 

Com o objetivo de ver de perto as experiências de sucesso das cooperativas educacionais piauienses, uma comitiva de membros do Sescoop/PE visitou o colégio Praticus, na cidade de Barras, onde conheceram a proposta de ensino que tem alcançado bons resultados. O intercâmbio é promovido em parceria com o Sescoop/PI. O grupo de pernambucanos é formado por representantes de quatro cooperativas educacionais de diversas regiões do estado, somado a participação do presidente do Sistema OCB/PE, Malaquias Ancelmo de Oliveira; e da analista de cooperativismo, Madalena Nascimento. A ida ao estado do Piauí, reconhecido nacionalmente pelo fortalecimento do ramo cooperativista educacional, faz parte da meta do Projeto Ampliar, que tem como objetivo disseminar a metodologia de ensino do Programa Cooperjovem em Pernambuco.

 

Surgida em 2003, a escola iniciou com um quadro pequeno de alunos, atendendo cerca de 150 crianças com uma proposta de mensalidade a preço acessível e ensino de qualidade. Hoje, já contam com um número crescente, ultrapassando mais de 400 alunos, além de possuir a melhor média do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), em 26 municípios da região.

 

Para o presidente da Cooperativa de Barras, Antônio Francisco de Sousa, o sucesso se deve à dedicação dos cooperados no acompanhamento em sala de aula e no empenho no funcionamento da instituição. "Temos uma diferença e é justamente a filosofia do cooperativismo que está aplicada nas ações da escola", afirmou o dirigente.

 

Durante a apresentação das ações da escola aos educadores de Pernambuco, o presidente da Cooperativa Educacional de Barras falou da importância do envolvimento dos cooperados e em ações que envolvam os pais e a comunidade com a escola, como projetos sociais e eventos com portões abertos.

Além disso, Francisco Antônio destacou as capacitações promovidas pelo Sescoop/PI para o desenvolvimento das Cooperativas e, principalmente, na gestão da instituição, um dos grandes desafios para as cooperativas educacionais. "Os cursos têm nos auxiliado muito e, principalmente, ampliado a nossa visão para alguns problemas e com uma forma de amenizarmos", frisou.

 

O Presidente do Sistema OCB/PE enalteceu no encontro um sentimento de segurança interessante das cooperativas educacionais. Na maioria das vezes estão voltadas somente para área pedagógica. Mas em Barras foi dado um destaque especial à história, a gestão e governança, que muitas vezes são esquecidas. 

 

"Hoje nos damos conta da escolha certeira em ter vindo ao Piauí.  Não pela viagem, mas pela realidade bem parecida com a nossa. E cada cooperativa que estamos indo é uma experiência nova. E irá somar muito para nós", destacou o presidente.

Add a comment

Coopertranscabo oferece variedade de serviços no Dia C

A escola Modelo Nova Era, em Ponte dos Carvalhos, no município do Cabo de Santo Agostinho, foi o palco de mais uma celebração do Dia de Cooperar. Após o sucesso de público registrado em eventos dos últimos anos, Cooperativa de Transporte Complementar do Cabo (Coopertranscabo) resolveu voltar ao local para oferecer uma variedade de serviços maior ainda se comparada aos anos anteriores. Mesmo com as fortes chuvas que caíram durante o dia, um grande público compareceu à ação social. De acordo com os números da cooperativa, até o final do evento, quase 500 pessoas foram beneficiadas com o Dia C no Cabo, que teve o apoio de 60 voluntários.

Em cada sala do local acontecia um serviço diferente. Desta vez, até a quadra da escola teve de ser usada, para dar mais conforto e comodidade ao público que chegava. Um dos serviços mais disputados entre o público estava situado logo na entrada do colégio. Lá, as mulheres tinham à disposição design de sobrancelha, escova para cabelos e corte. Perto dali os homens também aproveitavam um espaço dedicados a aparência deles.

 

Esse espaço foi bastante comemorado pelo pedreiro Joseval da Silva, que soube da ação através do rádio. Quando descobriu que aconteceria o Dia C próximo de onde mora, chamou a família e foi até o local. ”Enquanto estou aqui cortando o meu cabelo, alguns parentes estão nos outros espaços, fazendo diversas coisas. Nossa comunidade realmente precisa desse carinho. A cooperativa está de parabéns por pensar nas pessoas”, agradeceu Joseval.

Em paralelo ao espaço de beleza e bem-estar, pessoas das mais variadas faixas etárias participavam de uma roda de conversa sobre dicas de comportamento profissional. Espaço que foi uma novidade na comemoração deste Dia C. Quem auxiliou o público foi o representante da cooperativa Coosepe, Djalma Marques. Quem chegava no ambiente era instruído por ele a como preencher um currículo com dados de interesse do contratante, quais as formas de análise do comportamento que podem deixar o pretendente da vaga mais próximo à contratação, além de maneiras de conduta ética. Tudo isso, com o intuito de ajudar as pessoas que estão fora do mercado de trabalho a se enquadrarem outra vez no meio competitivo.

Outra novidade ofertada ao público foi um espaço veterinário na quadra da escola. Lá, representantes do curso de veterinária da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) revezavam o atendimento de animais domésticos, além de tirar dúvidas dos cuidadores. “Uma das questões mais frequentes aqui foi sobre as formas de evitar com que os cães e gatos se livrem das pragas. Outro ponto bastante abordado foi sobre a alimentação. Muita gente ainda alimenta o animal com comida de panela, fato que pode causar problemas estomacais, queda de pelo e até o aparecimento de doenças transmissíveis ao homem. Aqui fazemos as instruções certas, além de uma análise no animal”, comentou a professora do curso de veterinária, Roseana Diniz, que participou como voluntária do Dia C. 

A quantidade de serviços foi comemorada pelo presidente da cooperativa, Arnaldo José de Souza. Para ele, com o grande tamanho da escola, foi possível espalhar a quantidade de voluntários, dando uma maior assistência ao público. A meta nos próximos anos é continuar com o aumento da ação e atrair cada vez mais gente ao Dia C. “Essa é a quarta vez que comemoramos o Dia C e esse tempo nos trouxe a experiência. Queremos fazer deste Dia uma celebração incomparável na cidade. Nossa meta é ser reconhecido por todos e levar o cooperativismo a um patamar ainda maior. Para o próximo ano, a população pode aguardar um número maior de colaboradores e de serviços”, prometeu o presidente da Coopertranscabo.

Add a comment

Vídeos

adidas superstar air max suisse nike roshe run suisse nike roshe run mbt suisse nike air force suisse ray ban suisse nike air max suisse louboutin suisse mbt geneve christian louboutin suisse new balance suisse cialis suisse viagra suisse kamagra 100 viagra suisse levitra suisse kamagra gel priligy suisse viagra generique