COOPERATIVAS
 se mantêm FORTES em tempos de crise.

Sistema OCB/PE - Notícias

Cooperativas de Petrolina comemoram o Dia Internacional da Mulher

A cidade de Petrolina, no Sertão pernambucano, foi o local escolhido para receber uma série de eventos, todos em comemoração ao mês que marca o Dia Internacional da Mulher. Durante dois dias, cooperativas da região receberam palestras sobre qualidade de vida em celebração à mulher cooperativista. As programações foram organizadas pelo Sescoop/PE e tiveram ao todo 130 participantes. O objetivo delas era de levar informação sobre equilíbrio emocional, como manter uma postura ética dentro do ambiente de trabalho, além de formas de se evitar o estresse e dicas para uma vida saudável.

 

O primeiro dia do evento aconteceu para mulheres que são representantes de órgãos da sociedade civil e esposas de cooperados da Cooperativa dos Proprietários de Transporte do Vale do São Francisco (Coopertransertão). Essa foi a primeira vez que a instituição recebeu uma festividade direcionada somente a elas, mas, de acordo com o presidente, Nireu Ferreira, por conta do sucesso de público, já foi iniciado um planejamento de outros encontros com a intenção continuar a integração entra a cooperativa com a sociedade. Ainda de acordo com o dirigente, no relatório desenvolvido por algumas pessoas que participaram da palestra, era nítida a felicidade da participação no evento, com maior exaltação ao tema do poder que a mulher possui.

 

“Foi impressionante ver a quantidade de mulheres que participaram do evento. Muitas nos procuraram para agradecer e já perguntavam quando aconteceria o próximo. Percebemos a elevação da autoestima e da confiança. Momentos assim valorizam o poder da mulher e chamam a atenção para o que ela é capaz. Agora, iremos trabalhar para que eventos, como estes organizados pelo Sescoop/PE, aconteçam aqui com uma maior frequência”, comentou o presidente da Coopertransertão.

 

Em outro momento do mesmo dia houve um evento semelhante. Desta vez, foi na Cooperativa dos Exportadores do Vale do São Francisco (Coopexfruit). Lá, a palestrante trabalhou questões de saúde da mulher e abordou situações de como elas podem trabalhar sem esquecer das práticas que colaboram com o bem-estar. Entre as mulheres do público participante, estavam cooperadas, esposas de cooperados e colaboradoras da cooperativa. “Foi um evento muito diferente, totalmente dedicado a saúde e equilíbrio mental das mulheres. O que aconteceu, de fato, foi uma grande confraternização e troca de experiências. Experiências de trabalho, dicas de casa e também de hábitos saudáveis. Aliado a isso, houve bastante informação para que elas possam se cuidar cada vez mais”, relatou a gerente da CoopexFruit, Talita Cordeiro.

 

Já no dia seguinte, foi a vez da cooperativa de Crédito Sicred Vale do São Francisco e da Cooperativa de Produtores Exportadores do Vale (Coopexvale) receberem o mesmo evento. Nas duas cooperativas, foi salientado o bem-estar provocado pelo momento de interação. O tema da saúde em meio às atividades cotidianas foi mais uma vez levado ao debate. Ao fim dos momentos, as mulheres receberam presentes, como pinceis para maquiagem. “Toda mulher gosta de se arrumar, valorizar a sua beleza. E os presentes ajudam nisso, dando até o poder de elevação da estima. Esse foi um dos temas trabalhados durante a palestra, fato altamente necessário às mulheres, que têm tantas responsabilidades, conseguindo hoje mais espaço dentro do mercado de trabalho”, pontuou Jusileide Vieira, gerente da Coopexvale. 

Add a comment

Sescoop/PE promove eventos comemorativos ao Mês da Mulher

Teve início hoje (17/03), em Petrolina, o ciclo de palestras de qualidade de vida em celebração ao mês da Mulher Cooperativista. Os eventos aconteceram hoje nas cooperativas Sicredi Vale do São Francisco (Ramo Crédito) e Coopexfruit (Ramo Agropecuário). Amanhã, as cooperativas Coopexvale (Ramo Agropecuário) e Coopertranssertão (Transporte) receberão o evento. Ao todo, mais de 130 participantes contarão com orientações e dicas para manterem uma vida mais saudável. 

Para a gerente de Relacionamento do Sicredi Vale do São Francisco, Edyvania Carvalho Pereira, o evento foi positivo. “A palestra focou a questão da valorização e trouxe um tema novo, que abordou os detalhes sobre os cuidados do coração e sintomas que podem indicar um problema cardíaco”, frisou. Na cooperativa, o empoderamento feminino já é uma realidade. As três gerentes do Sicredi VSF são mulheres e o número de colaboradores é de 26 mulheres para 19 homens. “Todo mundo gostou da palestra. O evento surpreendeu e temos só que agradecer ao Sescoop por proporcionar a reflexão sobre o cuidado com a gente, pois, muitas vezes, as pessoas só pensam no exercício da função”, concluiu.

Cada evento possui a duração de 2 horas e aborda os seguintes temas: Transformando Crise em Oportunidade,Vencer é uma Decisão Sua; Postura e Ética no Ambiente de Trabalho; Administrando o Estresse; Virtudes e Forças da Mãe Moderna e Equilíbrio Emocional.

 

 

 

 

Add a comment

Formação Pedagógica no Aprendiz Cooperativo debate a violência contra a mulher

Pelo menos uma vez por mês, instrutores e gestores do programa Aprendiz Cooperativo passam por uma Formação Pedagógica, com o intuito de aprimorar os conceitos de educação para serem abordados de uma melhor forma dentro da sala de aula. Aproveitando o mês que marca o Dia Internacional da Mulher, a direção do projeto elaborou um debate sobre a luta da mulher na sociedade. O evento teve como meta discutir o pioneirismo feminino e como ela tem sobrevivido aos diversos casos de violência no Brasil. Para auxiliar no tema, o encontro contou com a participação dirigentes da Organização Não Governamental (ONG) SOS Corpo, que é uma organização das mulheres, com a proposta de contribuir para a construção de uma sociedade democrática com justiça socioambiental.

A palestrante convidada foi a militante da ONG, Joana Guimarães. Ao público, ela trouxe um debate sobre “A violência contra a mulher” e como combater os crescentes números. De acordo com os dados que a palestrante trouxe ao debate, a Secretaria de Defesa Social do estado registrou no ano passado 50.042 casos de agressão contra as mulheres, sendo 1.205 ocorrências a mais do que todo o ano de 2015. Só nos primeiros dois meses de 2017, já são 58 mulheres assassinadas.

“As mulheres, cotidianamente, são alvos de diversos tipos de violência. Vai do assédio verbal até a morte. Muitos desses crimes levam uma justificativa vazia e sem sentido. Boa parte dessa violência é resultado de uma construção social, resultante da desigualdade de forças entre o homem e a mulher. Resumindo grande parte dessa triste realidade explicitada por causa do machismo”, comentou a palestrante. 

Para estagiária de pedagogia do Fé e Alegria, Edkássia Porciúncula, os números abordados na palestra assustam e colocam em discussão temas que devem ser trabalhados dentro de sala de aula, com o intuito de prepararem os alunos de uma melhor forma para a sociedade. “A violência contra a mulher é um assunto bastante falado, porém pouco discutido. Um espaço de convivência, como uma sala de aula, é um local bastante apropriado para se debater com os alunos o que pode ser feito para uma mudança de realidade. Esse tipo de Formação Pedagógica auxilia o professor com dados, que devem ser levados aos alunos, auxiliando a eles a conseguirem uma melhor formação”, explicou Edkássia.

Add a comment

Sescoop/PE divulga práticas do Cooperjovem em cooperativa de Camocim

A Cooperativa de Ensino Monte Carmelo, situada na cidade de Camocim de São Félix, a 122 quilômetros da capital pernambucana, recebeu a visita da analista de cooperativismo do Sescoop/PE, Madalena Nascimento. O objetivo da ida até o local era de divulgar as conquistas do programa Cooperjovem em Pernambuco e convidar a direção da escola a fazer parte do grupo de cooperativas de educação que já participam das capacitações para trabalhar a metodologia do projeto, voltada à propagação dos ensinamentos cooperativistas, aliado à interdisciplinaridade.

A analista de cooperativismo foi recebida pela vice-presidente da Cooperativa, e coordenadora pedagógica do colégio, Simone dos Anjos. Ela apresentou a instituição de ensino a Madalena e falou da atual estrutura. De acordo com a dirigente, hoje, a escola funciona em um mosteiro da ordem Carmelita e opera somente no turno da manhã, trabalhando com crianças e jovens do Infantil até o ensino Médio, totalizando 213 alunos. Já na parte administrativa, a cooperativa possui 28 cooperados, sendo boa parte deles professores. A escola é uma referência de ensino na região e recebe estudantes de mais quatro cidades vizinhas a Camocim.

Na apresentação do que é o Cooperjovem, Madalena ratificou o objetivo do programa na formação de uma melhor convivência entre os alunos a partir da inserção de uma proposta educacional com a estrutura focada na integração com o espaço social dos estudantes. Ela ainda revelou que, de acordo com o propósito do projeto, a meta é construir valores e práticas da cooperação, tendo como base os princípios do cooperativismo.

Para preparar o corpo docente para essa prática, o Sescoop/PE está realizando uma série de encontros de capacitação. Um dos próximos eventos será uma visita até o estado do Piauí, local com maior número de cooperativas participantes do projeto no Brasil. O caso de sucesso será acompanhado por professores de quatro cooperativas de educação que participam do projeto, sendo das cidades de Santa Cruz do Capibaribe, Feira Nova, Triunfo e Limoeiro. Esse evento está na agenda do Cooperjovem em Pernambuco, assim como as visitas técnicas a cada colégio que recebe o programa, com o intuito de afinar cada vez mais o processo de aprendizado.

“O projeto tem como fundamento levar a cultura da cooperação ao jovem e despertar, tanto nele como nos professores, a consciência de que o cooperativismo é uma boa opção a ser seguida. Não só nas escolas, mas em diversos ambientes de convívio social. Dessa maneira, é possível uma maior integração entre equipe docente, educandos e da família com a escola”, comentou Madalena. 

Após a apresentação do projeto, a vice-presidente da instituição se admirou por ainda não conhecer um projeto tão bom, de acordo com ela, e que se encaixaria perfeitamente com a metodologia de ensino trabalhada na Monte Carmelo. “Esse é um projeto que divulga as bases do cooperativismo com muita força. Vejo com grande possibilidade aderirmos a ele e, assim, nos juntarmos a outras cooperativas de educação que já o abraçaram. Irei levar a proposta a uma reunião com outros integrantes da cooperativa para estudarmos essa proposta de parceria com o Sescoop/PE”, exaltou a dirigente. 

Add a comment

Vídeos

adidas superstar air max suisse nike roshe run suisse nike roshe run mbt suisse nike air force suisse ray ban suisse nike air max suisse louboutin suisse mbt geneve christian louboutin suisse new balance suisse cialis suisse viagra suisse kamagra 100 viagra suisse levitra suisse kamagra gel priligy suisse viagra generique