COOPERATIVAS
 se mantêm FORTES em tempos de crise.

Sistema OCB/PE - Notícias

Sistema OCB/PE fará convêncio técnico com Câmara Ítalo-Brasileira

O Sistema OCB/PE recebeu, na manhã da sexta-feira (11), a visita dos representantes da Câmara Ítalo-Brasileira de Comércio e Indústria, Giorgio Guerra e Nicole Cantisani. A dupla foi recebida pelo presidente da OCB/PE, Malaquias Ancelmo de Oliveira, e pelo gerente de operações do Sescoop/PE, Airon Dias. Em pauta, estava a aproximação técnica entre o cooperativismo pernambucano e italiano, na busca da troca de experiências e no desenvolvimento do trabalho cooperativo através de missões internacionais de estudos entre Brasil e Itália.

Malaquias fez uma rápida apresentação de como acontece o trabalho do Sistema OCB/PE, na busca por representar as cooperativas, fortalecer a cultura do cooperativismo pernambucano e na promoção da segurança jurídica e regulatória. Tendo como base o conhecimento do grau de atividade alcançado pelo cooperativismo na Europa, Giorgio parabenizou pelo trabalho realizado em Pernambuco e fez alguns convites ao presidente do sistema OCB/PE.

“Entendemos que para continuar o crescimento, tanto do cooperativismo pernambucano quanto o da Itália, é necessário trocar experiências com quem faz trabalhos semelhantes e adaptar os fatores positivos a sua realidade. Então, buscamos por parcerias para que grupos de formação conversem entre si, objetivando a profissionalização”, contou Giorgio a Malaquias Ancelmo.

O presidente do Sistema OCB/PE se interessou por uma celebração de convênio técnico e pontuou que as cooperativas têm muito a crescer na busca da qualificação da mão de obra para o cooperativismo, na gestão das cooperativas e na governança. Além da parceria técnica, Malaquias convidou o representante da Câmara a se aprofundar um pouco mais sobre o cooperativismo pernambucano através de um evento que acontecerá no Sertão do Estado. 

“No dia 25 de agosto, faremos o Seminário Regional do Cooperativismo na cidade de Afogados da Ingazeira. Nele, convidados cooperativas e parceiros para debater meios de como evoluir nosso modo de trabalho, através de um plano estratégico. A Câmara Ítalo-Brasileira será bem-vinda ao nosso debate, e pode colaborar para o crescimento dos nossos diversos ramos”, convidou Malaquias, que teve uma resposta positiva por parte dos representantes da entidade italiana.   

Add a comment

Cooperativas de crédito participam da etapa de implemantação do PDGC

Representantes das cooperativas de crédito Credialcoa e Coopemater estiveram na sede do Sistema OCB/PE, na tarde da última terça-feira (08), onde participaram de uma reunião de planejamento para a implementação do Programa de Desenvolvimento da Gestão das Cooperativas (PDGC). Pelas duas entidades não pertencerem a nenhuma rede cooperativista de crédito, a ideia no encontro foi de unificar os trabalhos e montar um plano estratégico de ação conjunta do plano. A apresentação do programa e a análise de como o trabalho poderia ser conduzido foram apresentados pelo gerente de desenvolvimento do Sescoop/PE, Helton Aquilles, e pela superintendente do Sistema OCB/PE, Cleonice Pedrosa.

Logo no início da reunião, Cleonice apresentou a matriz estratégica de todo o cooperativismo, que tem como visão, até 2025, de ser reconhecido pela sociedade por sua competitividade, integridade e capacidade de promover a felicidade dos cooperados. O foco principal na apresentação ficou em relação aos objetivos finalísticos do Sescoop. De acordo com ela, dentro dos objetivos existe a meta de ampliar o acesso das cooperativas às soluções de formação e qualificação profissional, que é um ponto no qual as duas cooperativas pedem se beneficiar bastante.

“Temos como meta capacitar para oferecer uma gestão cada vez mais profissional dentro das cooperativas. Então, ofertamos cursos em cima desse objetivo sobre gestão de pessoas, administração eficaz do tempo, avaliação de desempenho, conselho fiscal, entre outros. Essas temáticas são necessárias na aquisição de conhecimento, que é imprescindível no sucesso da cooperativa”, recomendou a superintendente do Sistema OCB/PE.

Já o gerente de desenvolvimento do Sescoop/PE ficou encarregado de falar sobre o PGDC e como o programa auxilia na adoção das boas práticas de gestão e governança dentro das cooperativas. Para ele, o modelo aplicado é uma referência para promover a melhoria da governança e o aumento da competitividade nas organizações. Sem caráter punitivo, a ferramenta oferece um mecanismo de avaliação, no qual permite um diagnóstico da gestão, gerando relatórios com pontos fortes e oportunidades de melhoria a serem utilizadas na elaboração do planejamento estratégico e dos planos de ação.

Após a explicação, o consultor de planejamento, José Flávio Linhares pediu que representantes do Sescoop/PE fossem até a sede da Credialcoa para explicar como o PDGC pode funcionar dentro da cooperativa e gerar oportunidades de melhoria dentro do ambiente. “Como é uma ferramenta que engloba vários setores da nossa cooperativa, seria interessante a presença do Sistema OCB/PE para explicar o benefício do PDGC para assim passarmos da etapa de implementação”, solicitou o consultor, que recebeu uma resposta positiva, com o agendamento para o dia 25 de setembro.

O trabalho também será feito na Coopemater, que se interessou pela participação também em cursos com o objetivo de ampliar o acesso das cooperativas às soluções de formação profissional. “Já conhecemos alguns cursos e temos o interesse de participar de outros mais, ainda neste ano, que nos ajudarão a aumentar o nosso grau de profissionalização. O Sistema OCB/PE é um grande parceiro, que pensa no nosso bem, e possibilita o alcance de metas imprescindíveis para a nossa existência no mercado”, contou o gerente da Coopemater, Fábio Nascimento.

Add a comment

Sescoop e Sebrae planejam parceria

 

Técnicos do Sebrae e do Sescoop reuniram-se ontem (08/08), na sede do Sistema OCB/PE, para discutir detalhes sobre uma parceria na área de educação financeira.  Na oportunidade, o vice-presidente da OCB/PE para o Ramo Crédito, José Admilson Fagundes, apresentou a proposta dos cinco módulos que compõem a formação já oferecida ao público pelo Sescoop, bem como material didático exclusivo, produzido pela entidade com aprovação do Banco Central.   A reunião foi acompanhada pela superintendente do Sistema OCB/PE, Cleonice Pedrosa, e pelo conselheiro fiscal do Sescoop/PE, João Albuquerque.

O curso de Educação Financeira possui uma carga horária de 24 horas, sendo quatro horas destinadas ao estudo do Cooperativismo. Atualmente, oferecido a funcionários e associados de cooperativas pernambucanas, a formação tem foco na qualidade de vida proporcionada pelo equilíbrio das finanças. A formação pode ampliar o potencial e público com a parceria junto ao Sebrae. A ideia é levar o conhecimento aos projetos e programas já implementados na área de empreendedorismo e contribuir para que outros públicos possam melhorar sua relação com o dinheiro e organizar o orçamento pessoal e também familiar. 

Para a analista de Educação do Sebrae, Isabel Noblat, a reunião foi produtiva. “Achei ótima. Esse trabalho é muito importante, pois a educação financeira é o coração da empresa”, afirmou. De acordo com a representante, a parceria com o Sescoop poderia ser inserida em dois projetos atualmente desenvolvidos pela instituição: Projeto Educação Empreendedora e Projeto  Formação de Agentes de Educação Financeira para o Pequeno Negócio. O primeiro é voltado a educadores de escolas públicas e privadas; o segundo é destinado a empreendedores de micro, pequenas empresas e outros tipos de pessoa jurídica.  

O projeto de educação financeira deve contar ainda com o apoio de algumas cooperativas de Crédito. As etapas do curso são as seguintes: apresentação, aprovação, planejamento, execução e avaliação de resultados. A formação viabiliza aos participantes uma compreensão de sua situação financeira atual e a pretendida com o uso de questionários a serem preenchidos pelos participantes. Os dados são mantidos em sigilo e contribuem para uma abordagem preventiva e corretiva.  “Não é só gestão de finanças, mas educação financeira, que é libertadora.  O maior retorno que recebemos é ver as pessoas recuperando sua auto-estima e restaurando sua qualidade de vida”, concluiu Admilson Fagundes.

 

Add a comment

Seminário Regional debate desenvolvimento do cooperativismo no Agreste Meridional

Lideranças cooperativistas de todo o Agreste Meridional de Pernambuco se reuniram na sede da Uniodonto Garanhuns, local que recebeu a primeira sessão do Encontro Regional promovido pelo Sistema OCB/PE. No encontro, as cooperativas e parceiros do cooperativismo da região participaram de uma rodada de conversas para programar e alinhar um pensamento estratégico, juntamente com uma formulação do plano de trabalho já visando o ano de 2018. As propostas de cursos e eventos foram repassadas ao presidente do Sistema OCB/PE, Malaquias Ancelmo de Oliveira, e ao gerente de desenvolvimento do Sescoop/PE, Helton Aquilles, que estiveram no evento e foram responsáveis por toda a coordenação do encontro. Ainda no mês de agosto mais dois eventos similares ao de Garanhuns acontecerão pelo sertão pernambucano.

 

O presidente do Sistema OCB/PE ficou responsável por dar as boas-vindas ao grupo. Diversos parceiros de cooperativas participaram do encontro. Entre eles estavam o vereador da cidade de Garanhuns, Audálio Ramos Machado, e o assessor especial do governo municipal, Wanderley Gomes. Malaquias agradeceu pela presença de todos e convidou as pessoas que ainda não conhecem o cooperativismo de modo aprofundado a fazer parte do estilo de trabalho.

 

 

“O cooperativismo é um movimento mundial e existe em todas as formas de governo. Ele é feito na forma em que a lei manda, não podendo ser feito de qualquer jeito e, hoje, possibilita a felicidade de um grande número de pessoas, que se juntam com a mentalidade da busca o bem comum”, explicou Malaquias Ancelmo de Oliveira.

 

Após as boas-vindas, foi dado espaço para o consultor em planejamento, Emanuel Malta, que convidou o público a pensar em estratégias de trabalho, na qual coloquem o cooperativismo em maior ascensão, chamando um maior número de pessoas a fazerem parte do movimento. E de acordo com ele, existem alguns passos para alinhar e engajar esse objetivo: manter a liderança e o apoio da alta direção; capacitar, mobilizar e animar uma rede de gestores de olho na gestão estratégica; medir e comunicar resultados; além de celebrar e recompensar as pequenas e grandes vitórias.

 

 

“Não é toda a estratégia elaborada que conseguirá ser realizada. Esse processo é normal. Necessitamos priorizar os projetos segundo critérios estratégicos e definir uma sequência temporal de implementação com base em um cronograma e monitorar e avaliar a execução sistematicamente, além de efetuar, em tempo hábil, os ajustes necessários no nosso plano”, recomendou o especialista.

 

Emanuel também evidenciou ao público números de como se encontra o estado de Pernambuco em meio ao ambiente externo da geração de riquezas, visando a melhoria dos índices de conformidade e sustentabilidade das cooperativas, com o foco na gestão e promoção do desenvolvimento do cooperativismo, sem perder os valores e princípios. De acordo com a análise trazida por Emanuel, o Produto Interno Bruto (PIB) do estado apresentou elevação real de 0,7% no primeiro trimestre do ano, se comparado ao quarto trimestre de 2016. Já em ramos de maior destaque, a agropecuária caminha a passos largos. Só nos últimos meses o segmento cresceu 12,3%. Essa ativação aconteceu pelo crescimento das lavouras temporárias, por questões climáticas adequadas e ao investimento na pecuária. Em contrapartida, o comércio apresentou um recuo de quase 1% no primeiro trimestre de 2017, devido a um maior endividamento da população. “Sabendo como está o ambiente externo, podemos formular de uma melhor maneira uma estratégia de negócio, monitorar as nossas ações e avaliar quais os futuros passos, sempre de olho na rotina da governança da organização”, salientou Emanuel.

 

Ao fim da apresentação, ele convidou o público a se juntar em grupos para pensar uma possível construção do plano de trabalho do Sescoop/PE, já vislumbrando 2018. Nele, cada grupo deveria explicitar sugestões de iniciativas a serem executadas pelo Sescoop/PE. As propostas giravam em torno de cursos sobre capacitações de como comercializar determinado produto ou serviço, elaboração do plano de negócios e monitoramento e avaliação de resultados. As sugestões serão colocadas em um documento sintético, que será colocado para avaliação em futuros encontros. 

 

O assessor especial do governo municipal acompanhou toda a movimentação e ratificou o apoio que a atual gestão de Garanhuns dá ao cooperativismo municipal. De acordo com ele, algumas ações já estão em concretizadas, mostrando um futuro promissor a quem investe na forma de trabalho dentro da cidade. “Hoje Garanhuns já possuiu um fundo de apoio ao cooperativismo e está em pauta a formação de um conselho para debater as maneiras de fazer com que as cooperativas da cidade continuem com o crescimento, para gerar mais trabalho e renda á população. Sempre estamos pensando em políticas públicas de beneficio ao cooperativismo, pois temos a noção de que é um movimento agregador com vínculo a trazer felicidade para quem faz parte dele”, salientou Wanderley Gomes.

Add a comment

Vídeos

adidas superstar air max suisse nike roshe run suisse nike roshe run mbt suisse nike air force suisse ray ban suisse nike air max suisse louboutin suisse mbt geneve christian louboutin suisse new balance suisse cialis suisse viagra suisse kamagra 100 viagra suisse levitra suisse kamagra gel priligy suisse viagra generique